ESPECIALIDADES

O Centro Multidisciplinar da Dor dispõe de dois espaços de atendimento: a sede em Botafogo e na Barra da Tijuca. Ambos dispõem de Wi-Fi em todos os ambientes, estacionamento rotativo na vizinhança e pontos de táxi próximos.
A Neurologia Funcional é uma subespecialidade da Neurologia. As intervenções da Neurologia Funcional têm o objetivo de corrigir alterações do sistema nervoso central ou periférico, que possam representar gatilhos para casos de dor. Hoje, doenças e sintomas que eram tratados apenas por meio de procedimentos cirúrgicos podem ser corrigidos de forma menos invasiva por meio de técnicas modernas da Neurologia Funcional. Em que casos de traumas e doenças a Neurocirurgia é aplicada? Síndrome pós-laminectomia (dor após cirurgia na coluna); Neuralgia do Trigêmio; Neuralgia do Glossofaríngeo; Neuralgia do Hipoglosso; Lombalgia; Lombociatalgia; Cervicalgia; Cervicobraquialgia; Fibromialgia; Dor reumatológica; Dor de origem oncológica; Plexopatia actínica (lesão do plexo braquial após radioterapia); Dor neuropática por lesão traumática de nervos diversos; Dor central após Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico ou hemorrágico; Dor no membro amputado; Dor no membro fantasma; Espasticidade; Síndrome pós-toracotomia; Dor por lesão do Plexo Braquial; Dor por infecção do Herpes Zoster; Dor após infecção do HIV; Dor decorrente da esclerose múltipla.
O Pilates é um método de controle muscular que propõe uma série de exercícios que não só ajudam a fortalecer a musculatura, como trazem flexibilidade ao corpo, aumentam a mobilidade das articulações e, ainda, auxiliam no combate ao estresse e na busca por qualidade de vida. É uma das ferramentas disponibilizadas pelo Centro Multidisciplinar da Dor para controle e tratamento da dor crônica. Oferece uma abordagem diferenciada do paciente e pode ser muito eficaz como complementação ao tratamento da dor, já que permite que o fisioterapeuta selecione os exercícios terapêuticos específicos a cada caso, aplicando-os de forma adequada e consciente para cada paciente. Estúdio de Pilates do Centro Multidisciplinar da Dor (Botafogo) Atendimento realizado por fisioterapeutas especializados em dor crônica e com formação no método: Pilates Australia Control, que é uma abordagem inovadora e única que combina os conceitos do controle motor do corpo com os princípios do Pilates tradicional; Ficha de avaliação detalhada (qualitativa e quantitativa), que permite um estudo completo do sistema neuromusculoesquelético de cada paciente; Reavaliações periódicas para acompanhar a evolução do paciente; Atendimento individualizado ou com, no máximo, dois alunos por horário; Tratamento específico para cada paciente, individualmente.
Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, com manifestações psicológicas severas. São exemplos: a depressão, o transtorno bipolar, a esquizofrenia, a demência e os transtornos de ansiedade. A meta principal é o alívio do sofrimento e o bem-estar psíquico. Para isso, é necessária uma avaliação completa do paciente, com perspectivas biológica, psicológica e de ordem cultural, entre outras afins. Uma doença ou problema psíquico pode ser tratado com medicamentos ou terapêuticas diversas, como a psicoterapia, prática de maior tradição no tratamento. A avaliação psiquiátrica envolve o exame do estado mental e a história clínica. Testes psicológicos, neurológicos, neuropsicológicos e exames de imagem podem ser utilizados como auxiliares na avaliação, assim como exames físicos e laboratoriais.
Ortopedistas especializados em dores, disfunções e lesões de locomoção e articulação dos membros, bem como do ramo da Traumatologia trabalham de forma multidisciplinar com outros profissionais, diagnosticando de maneira precisa e indicando o tratamento mais adequado a cada tipo de paciente. Em que casos de traumas e doenças a Ortopedia pode auxiliar no tratamento da dor? Dores relacionadas a lesões em ossos, articulações, ligamentos, tendões, músculos e nervos, provenientes de acidentes; Dores relacionadas a doenças degenerativas; Dores de esforço repetitivo; Problemas relacionados a dores causadas por prática de exercícios físicos; Incômodos relacionados à região do pescoço e ombros, cotovelos, coluna, cintura, mãos, dedos, tornozelos e pés; Sensações dolorosas provenientes de deformidades na coluna e membros, especialmente em bebês e crianças; Idosos e jovens atletas que necessitam de cirurgias para combater a artrite.
A Reumatologia atua de modo multidisciplinar a outras especialidades no tratamento de doenças inflamatórias, metabólicas e degenerativas, capazes de comprometer o aparelho de sustentação e de causar episódios de dor. A maioria dos casos de dor, principalmente crônica, tem como pano de fundo mais de um fator. Por vezes, um problema específico pode suplantar os outros como causa principal. No entanto, paralelo a ele, o paciente pode apresentar diferentes condições que, embora ajam de forma periférica, são responsáveis pela manifestação e agravamento da dor. Neste sentido, o papel da reumatologia é promover uma avaliação abrangente do paciente, a fim de descobrir não só a causa principal da dor, mas os demais fatores que atuam como coadjuvantes, ministrando o tratamento adequado.
Utilizada nos EUA e Europa há alguns anos, a Terapia por Ondas de Choque tem apresentado excelentes resultados para casos em que os tratamentos convencionais não obtiveram sucesso. Com a utilização de ondas acústicas, que podem ser de baixa, média ou alta intensidade, são aplicadas pequenas descargas de energia no paciente, que não sente dor na hora de submeter-se ao tratamento. Trata-se de uma técnica inovadora, realizada por médico capacitado e de forma ambulatorial. Promove o aumento da vascularização local, permitindo a chegada de novas células, maior oxigenação e retirada de metabólitos. Existe também uma ação mecânica secundária ao efeito de cavitação, causando micro lesões teciduais que servem de estímulo para o processo de reparação. A TOC também promove a liberação de substâncias endógenas que diminuem a inflamação e a dor. Indicações: Fascite plantar com ou sem esporão; Tendinite patelar; Outras tendinites no joelho; Bursite trocanterianas; Dores ao redor do quadril; Epicondilite (Tendinite nos cotovelos); Tendinite no ombro com ou sem calcificação; L.E.R / D.O.R.T; Lombalgias; Cervicalgias; Trigger Points (Pontos Gatilhos). Contra Indicações: Tumores; Distúrbios da coagulação sanguínea; Uso de anticoagulantes; Gravidez; Áreas sobre o pulmão, cérebro, grandes vasos e nervos.
É utilizada de forma integrativa e multidisciplinar no tratamento da dor, segundo a medicina tradicional chinesa e, mais recentemente, seguindo a acupuntura médica contemporânea, que tem base não só em conceitos filosóficos, mas em evidências científicas, com a aplicação de modernos conceitos neuro-anatomo-fisiológicos. No CMD, todo médico acupunturista tem treinamento em clínica de dor. Método terapêutico popularmente utilizado na China há mais de quatro mil anos, no Brasil, a Acupuntura é reconhecida como especialidade Médica pelo Conselho Federal de Medicina desde 1995. A técnica consiste na introdução de agulhas finíssimas em determinados pontos específicos do nosso corpo. Essas agulhas causam estímulos no sistema nervoso periférico, que reage controlando as vias da dor e liberando substâncias específicas que promovem o equilíbrio do organismo. Também, a Acupuntura atua diretamente nos músculos que estão contraídos (travados) e doloridos. Desta forma, é possível promover o relaxamento muscular e a desativação dos “nós dos músculos”, responsáveis pela manutenção de grande parte das dores crônicas. Além do alívio da dor e do sofrimento, o método contribui para uma melhor qualidade do sono e controle das alterações do humor (ansiedade ou depressão), facilita a reabilitação, diminuição do estresse e, por fim e consequência, melhora da qualidade de…
Os conhecimentos aplicados na prática anestésica costumam trazer uma perspectiva bastante positiva ao tratamento da dor, proporcionando alívio durante o processo terapêutico e mais qualidade de vida ao paciente.
Na Clínica da Dor, o paciente passa por uma série de análises clínicas e exames físicos para o diagnóstico correto da provável causa da dor. Médicos das mais diversas especialidades, treinados para o diagnóstico e tratamento de dores de difícil controle, atuam em conjunto, discutindo os diferentes aspectos e as abordagens mais indicadas para cada paciente. A primeira fase da análise é realizada por um clínico especialista em dor, que conduzirá o paciente a um profissional específico (ou a mais de um médico, dependendo do caso), de acordo com sua percepção dos resultados e possíveis tratamentos indicados. Posteriormente, são realizados exames complementares laboratoriais e/ou de imagem, a fim de que se possa determinar a terapêutica mais adequada. Levando em conta o fato de que a dor é capaz de interferir nas mais diversas esferas da vida e do cotidiano, a Clínica da Dor tem como base um modelo biopsicossocial de tratamento. Por isso, ao longo do processo há, também, o acompanhamento de profissionais especialmente dedicados à saúde mental, terapia psicossocial, reabilitação física e terapia ocupacional, todos focados na terapêutica da dor de modo geral.
Fisiatria ou medicina física e reabilitação é a área da medicina responsável pelo tratamento de uma ampla variedade de doenças que causam algum grau de incapacidade, o que engloba desde casos mais leves, como uma dor nas costas (lombalgia), até lesões mais graves, como sequelas de um derrame cerebral. Dores musculoesqueléticas, dores decorrentes de pós-operatórios, artrites, artroses, reumatismos, tendinites e, até mesmo, dores com origens em lesões neurológicas ou traumáticas são problemas que podem ser tratados com o auxílio da Fisioterapia. A aplicação desta especialidade visa não somente o controle da dor e o combate às limitações funcionais do corpo como também a reabilitação física e social dos pacientes. Dentro da Fisioterapia aplicada à dor, alguns métodos podem ser utilizados de forma a complementar o tratamento: Bandagem funcional ou tape - Técnica de enfaixamento, que tem o objetivo de auxiliar no tratamento de disfunções e distúrbios muscoesqueléticos. A aplicação reduz edemas, hematomas, ajuda na recuperação e prevenção das lesões musculares, contribui para a diminuição de processos inflamatórios, corrige a função e tensão ideal do músculo e reposiciona articulações; Mobilização neural - Atua no sistema nervoso periférico para o tratamento de disfunções e alívio da dor; Maitland - Aplicação de técnicas…

Hide Main content block

O CENTRO MULTIDISCIPLINAR DA DOR

Seguindo normas internacionais e com uma equipe de médicos e profissionais de saúde especializados em pesquisa, diagnóstico e tratamento da dor, o CMD possui em um mesmo local, simultaneamente, todas as especialidades necessárias a um tratamento integrado, desde a abordagem mais simples até a mais complexa.

Com base no modelo multidisciplinar, cientificamente comprovado como o mais eficiente no tratamento de quem sofre com a dor, o centro é especializado na reabilitação de pessoas com dores agudas ou crônicas de diversas origens. Ao contemplar os aspectos físico, psíquico e químico de cada indivíduo, em dez anos de existência, o CMD se orgulha de já ter comemorado a recuperação de centenas de pacientes, que não só ganharam mais qualidade de vida, mas também retomaram a alegria de viver ao conseguir controlar suas dores.

> Saiba mais

LOCAIS DE ATENDIMENTOS

Rua Voluntários da Pátria, nº 45 - sala 1004, Botafogo, Rio de Janeiro (próximo ao Metrô de Botafogo)

Av. das Américas, nº 3500, bloco 6, Conj. 615, Ed. Hong Kong 2000, Cond. Le Monde - Barra da Tijuca, RJ (próximo da Estação BRT Riviera), (estacionamento no local).

CMD EM DESTAQUE

Prof. Alexandre Amaral é um dos conferencistas do Cumbre Latinoamericana de Neurocirugía Funcional Estereotaxia y Neuromodulación, abordando tratamento das complicações dos neuroestimuladores medularesnos, de 5 a 7/12 de 2019 em Mendoza, na Argentina.

No dia 19 de outubro, o Prof. Alexandre Amaral ministrou a palestra magna no Simpósio da Dor, realizado em Volta Redonda (RJ), pela Sociedade de Neurocirurgia do Rio de Janeiro.

Dr. Alexandre Amaral foi palestrante e moderador no XIX Congresso Brasileiro de Atualização em Neurocirurgia, nos dias 25 a 28 de setembro de 2019, no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, promovido pela SBN. > Veja as fotos.

PROGRAMAS DO CMD

TELEFONES

  BOTAFOGO
(21) 2530-2797
(21) 2537-5580
(21) 99924-3722

  BARRA DA TIJUCA
(21) 2492-1818
(21) 9924-3052

LOCAIS DE ATENDIMENTOS

  • BOTAFOGO

    Rua Voluntários da Pátria, nº 45 - sala 1004, Botafogo, Rio de Janeiro (próximo ao Metrô de Botafogo)
  • BARRA DA TIJUCA

    Av. das Américas, nº 3500, bloco 6, Conj. 615, Ed. Hong Kong 2000, Cond. Le Monde - Barra da Tijuca, RJ (próximo da Estação BRT Riviera), (estacionamento no local).
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…